A repórter Mariana Oliveira, da TV Globo, informa que dados do CNJ mostram que 169 mil presos podem ser beneficiados pela liminar de Marco Aurélio Mello.

Atualmente, há cerca de 706 mil presos no Brasil. Desse total, 169 mil estão em execução provisória –ou seja, após terem sido condenados na segunda instância.

“A decisão foi proferida no último dia de funcionamento do Judiciário;

— “A decisão foi proferida mesmo estando pautada a discussão da matéria para daqui a poucos meses [abril do ano que vem].”

Ainda segundo o promotor, a conduta de Marco Aurélio “revela total desprezo pela autoridade das decisões do tribunal máximo brasileiro, instituição que ele compõe e tem o dever de respeitar”.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.