No país das fraudes um dos mais antigos ‘jeitinhos’ mais antigos de realizar trambique é botar na conta de quem já bateu as botas, ou nesse caso tirar da conta. Para evitar o recebimento fraudulento de benefícios pertencente a aqueles já falecidos, aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), têm até o dia 28 deste mês para provar que estão vivos. O procedimento é obrigatório e quem não fizer a comprovação terá o pagamento suspenso. Normalmente o prazo para comprovação de vida se encerraria no dia 31 de dezembro, mas foi prorrogado devido à quantidade de pessoas que ainda não regularizaram seu cadastro. Pelos cálculos do INSS, cerca de 3,2 milhões de beneficiários ainda não fizeram a prova de vida. O procedimento pode ser realizado no banco em que o benefício é pago mediante a apresentação de um documento de identificação com foto.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.