Geraldo Alckmin foi ao Twitter rebater o discurso de Fernando Haddad, que apontou o PCC como uma das “marcas” das gestões tucanas no estado de São Paulo.

“Caro Fernando Haddad, não é o meu partido que é comandado de dentro de um presídio. Nem minha campanha foi lançada na porta de penitenciária”, escreveu o tucano.

O candidato aproveitou para elogiar a própria gestão. “Em São Paulo, bandido pega cana dura. Nós construímos 99 novos presídios e reduzimos a criminalidade.”

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Alckmin a Haddad: “Não é meu partido que é comandado de dentro de um presídio. Nem fui lançado na penitenciária”

  1. Toma papudo, a verdade é que neste ponto específico, São Paulo e a administração do Alckmin foram muito bem, imbatíveis no Brasil, nível Europa.
    Verdade seja dita!