Embora tenha identificado algumas pessoas que aparecem em diferentes gravações com Adélio Bispo de Oliveira, a Polícia Federal não conseguiu obter o vídeo original que melhor apontaria um possível repasse da faca usada contra Jair Bolsonaro.

O vídeo editado circulou nas redes sociais, mas a perícia só poderia ser feita na gravação original. Caso o autor queira colaborar com as investigações, pode procurar a Polícia Federal em Brasília.

Como já mostramos, a perícia na faca usada por Adélio foi inconclusiva em relação às impressões digitais. Os peritos encontraram muitos fragmentos sobrepostos, o que não deve interferir na conclusão sobre a autoria, pois Adélio foi preso em flagrante e confessou o crime.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.