Barrado no baile. Maduro não é convidado para a posse de Bolsonaro. “Não há lugar para ele numa festa democrática”

Ernesto Araújo, futuro ministro das Relações Exteriores, explicou no Twitter por que o ditador Nicolás Maduro não foi convidado para a posse de Jair Bolsonaro:

“Em respeito ao povo venezuelano, não convidamos Nicolás Maduro para a posse do PR Bolsonaro. Não há lugar para Maduro numa celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira. Todos os países do mundo devem deixar de apoiá-lo e unir-se para libertar a Venezuela.”

Em respeito ao povo venezuelano, não convidamos Nicolás Maduro para a posse do PR Bolsonaro. Não há lugar para Maduro numa celebração da democracia e do triunfo da vontade popular brasileira. Todos os países do mundo devem deixar de apoiá-lo e unir-se para libertar a Venezuela.

— Ernesto Araújo (@ernestofaraujo). (O Antagonista)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.