Bolsonaro voltou a defender uma nova política externa para o Brasil, no sentido de um distanciamento de países como Cuba e Venezuela, e elogiou o presidente dos Estados Unidos, Donald  Trump.

“Ele quer a América grande e nós também queremos o Brasil. Ele reduziu carga de impostos e muitos criticaram mas isso gerou emprego”, afirmou Bolsonaro.

“Eu gosto muito dele e nunca neguei, ou querem que eu admire o [presidente venezuelano, Nicolás] Maduro ou governo cubano”, questionou o candidato do PSL.

Sem dar detalhes, Bolsonaro afirmou que esteve esta semana com o embaixador de Israel esta semana. 

“Eles querem colaborar conosco. Eles confiam em mim e eu confio neles”, disse.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.