Em representação protocolada no TSE, Jair Bolsonaro reitera a possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas, registra o Estadão.

Para o candidato há “diversos motivos” para acreditar que o PT tem a intenção de alterar o pleito.

As afirmações foram feitas dentro do pedido do PT para retirar do ar um vídeo de Bolsonaro sobre urnas eletrônicas.

A defesa de Bolsonaro argumenta que a segurança das urnas não “constitui uma unanimidade”, e está dentro do seu direto à expressão.

Carlos Horbach, do TSE, negou pedidos da coligação do PT de direito de resposta e de retirada da internet de um vídeo de Jair Bolsonaro com críticas às urnas eletrônicas.

Para o ministro, embora as declarações do presidenciável do PSL sejam “questionáveis”, elas refletem o pensamento de grupos “contrários ao avanço tecnológico das urnas”.

No vídeo, Bolsonaro diz que as eleições podem resultar em “fraude” por causa da ausência do voto impresso.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.