O Antagonista conversou por telefone com Jair Bolsonaro, que hoje à noite, em sua live no Facebook, começará a defender o voto útil para tentar evitar um segundo turno.

“Vou começar a pedir com mais ênfase o voto útil, porque não tem outra saída. Sou eu ou o presidiário”, afirma o presidenciável, que lidera com folga as pesquisas de intenção de voto.

“O Haddad é pior que um poste. Ele é pau mandado do Lula. Toda semana, ele vai lá pedir conselhos ao presidiário. Imagine o Haddad ganhando, acabou o Brasil. O Franklin Martins vai ser o ministro das Comunicações.”

Como publicamos mais cedo, Bolsonaro está proibido pelos médicos de participar do debate na Globo, pois não pode falar por mais de 15 minutos e nem se expor a situações de estresse.

“Eu resolvi fazer a live para manter um diálogo direto com os eleitores, mas vou acompanhado para ter outras pessoas falando também. Ontem foi com o Magno Malta e o meu filho Flávio. (A live) teve uma aceitação estúpida.” (O Antagonista)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.