Cada vez mais sem noção. Gleisi relaciona ataque em Campinas com proposta de Bolsonaro sobre armas

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR),  está cada vez mais sem noção. Num ‘raciocínio’ divulgado hoje, relacionou o ataque que matou quatro pessoas na Catedral Metropolitana de Campinas (SP), na terça-feira, 11, com as propostas do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), sobre armamento. Não explicou qual o nexo, visto que as propostas não foram implementadas e as armas do atirador eram provenientes do crime organizado (números raspados).

Para Gleisi, isso tudo é detalhe. Ela prevê (ou torce?) que o País pode vir a ter crimes como esse em frequência, em uma situação semelhante à que ocorre os Estados Unidos. “Assassino sofria de depressão. Estava desempregado desde 2014. Se liberar armas e continuar incitando violência o novo governo vai tornar isso recorrente” escreveu a dirigente petista nesta quarta-feira, 12, em sua conta no Twitter.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.