O ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró, um dos grandes implicados nos desvios investigados pela Operação Lava Jato, pediu desculpas hoje ao juiz Sérgio Moro. Cérvero se desculpou por ter mentido a Moro quando depôs antes de firmar delação premiada.

Hoje, o delator falou por 1h30 e confirmou que ganhou o cargo na BR Distribuidora como retribuição por ter ajudado a pagar dívidas da campanha de reeleição de Lula em 2006. A cada novo depoimento mais afunda o PT. A informação é do blog O Antagonista.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

0 Responses to Cerveró pede desculpas por mentir a Sérgio Moro