Ciro Gomes, na sabatina de O Globo, também ao comentar o papel das Forças Armadas em seu eventual governo, resolveu insultar:

“Sob ordem da Constituição, eu mando e eles obedecem.”

Após afirmar, que “no meu governo, militar não fala em política”, o candidato do PDT sinalizou, ainda, que mandaria prender o comandante do Exército se este questionasse a legitimidade de um futuro governo.

“Estaria demitido e provavelmente pegaria uma ‘cana’. (O Antagonista)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Ciro insulta Forças Armadas: “Eu mando e eles obedecem”. “General que falar em política eu prendo”

  1. Algumas vezes me pego pensando, será que o eleito, tomará mesmo posse?
    Pessoas responsáveis, em muitos casos, concordariam em dar um tempo para que uma nova geração, melhor qualificada, retornem posteriormente a democracia.