Ciro Gomes, em ato de campanha na Rocinha, disse que uma virada nas eleições é “completamente provável”.

Para isso, voltou a tentar roubar votos de Fernando Haddad e a atacar Jair Bolsonaro:

“Ele não é má pessoa, eu não tenho nada contra a personalidade dele, mas ele não tem a energia, não tem a autoridade que é a marca para enfrentar essa onda fascista que quer tomar conta do Brasil.”

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.