Durante palestra em Curitiba, General Hamilton Mourão representando, na condição de vice o candidato Jair Bolsonaro, falou para um auditório lotado sobre uma série de problemas brasileiros. Entre os destaques está a violência, que como destaca o General atinge números nunca antes vistos: o Brasil já tem mais de 60 mil homicídios homicídios ao ano, o maior número de todo o mundo. Mourão destacou que é preciso dar espaço para que as forcas de segurança cumpram sua missão e combatam o crime organizado, estamos diante de uma verdadeira guerra, muitos países em guerra civil como a Síria não atingem números de mortos nem próximos aos brasileiros. A crítica pesada foi voltada para o ‘pessoal dos direitos humanos’os ativistas profissionais, que segundo o General, esquecem que: “Direitos humanos tem que ser para os humanos direitos”. 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Combate ao crime: “Direitos humanos têm que ser para os humanos direitos”, diz General Mourão