O Brasil tem uma longa história de atentados políticos, o mais chocante deles foi o de Celso Daniel, a morte do prefeito petista incluiu o assassinato de 8 testemunhas. E até hoje o ato de terrorismo nunca foi resolvido. Hoje o atentado contra Jair Bolsonaro inclui mais um capítulo a essa triste história nacional. Ainda questiona-se, o assassino agiu sozinho ou foi parte de uma conspiração? Questiona-se no caso de Bolsonaro porque com Celso Daniel não há duvidas da existência de uma conspiração.

Veja a seguir a matéria do Jornal Gazeta do Povo que da novos indícios quanto o atentado contra Bolsonaro:

“Um segundo homem, suspeito de participação no atentado contra o candidato do PSL à Presidência da República nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, foi detido pelas forças policiais na cidade de Juiz de Fora (Minas Gerais). As informações são do superintendente da Polícia Judiciária, Carlos Capistrano.

O suspeito, que não teve a identidade revelada, estaria neste momento sendo ouvido na Polícia Federal em Juiz de Fora. “Há informação de um segundo suspeito no caso. As investigações estão em andamento mas já temos a identificação de um provável segundo suspeito na cena do crime”, disse o superintendente.”
Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/eleicoes/2018/policia-prende-segundo-homem-que-pode-estar-envolvido-com-ataque-contra-bolsonaro-daj80aqrdz1jaaaufod5pae8n
Copyright © 2018, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados. (Gazeta do Povo)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.