O pastor Antônio Levi de Carvalho, da Igreja do Evangelho Quadrangular em Montes Claros, negou a O Estado de Minas que esteja custeando os gastos com os advogados de Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado contra Jair Bolsonaro.

Ele disse:

“A igreja não reconhece o senhor Adélio como membro. A igreja não pagou absolutamente nada de custas processuais dos advogados do senhor Adélio.”

E completou:

“Conhecemos a realidade da nossa cidade, que é difícil. Quem aqui teria dinheiro para contratar advogados de um calibre desse?” (O Antagonista)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Crescem as suspeitas de armação. Igreja desmente que pague advogado do agressor de Bolsonaro

  1. Então que, pelo menos a polícia, pergunte a ele “onde conseguiu dinheiro para pagar 04 advogados”. Será que pelo menos isso ela pode perguntar? E porque a Juiza que está cuidando do caso dele, não pediu para ver as contas bancárias dele? Dizem que tem um depósito de R$ 350.000,00 feito pelo PT. Além dos advogados estarem sendo pagos pelo PT também! PERGUNTEM AOS ADVOGADOS.