O cenário eleitoral continua muito incerto, com o grande responsável sendo o candidato-presidiário. Segundo todas as pesquisas, Lula continua mantendo elevado nível de intenção de votos entre as camadas mais pobres e ignorantes da população, especialmente no Nordeste. Quando a candidatura do ex-presidente for inevitavelmente cassada, não se sabe o quanto de seus votos vão se transferir para os outros candidatos da esquerda. Se a direita estivesse unida com um nome os herdeiros do Chefão não seriam um problema, porém com a divisão de votos entre o líder Bolsonaro, Alckmin, Alvaro Dias e Amoedo é possível que a direita acabe sem candidato e a esquerda faça dobradinha no segundo turno.

O crescimento de Amoedo é o que mais preocupa porque esse faz campanha principalmente nas redes sociais, assim como o líder Jair Bolsonaro. Se o crescimento de Amoedo, revelado pelas últimas pesquisas, for confirmado tirando votos de Bolsonaro, acumulado com Marina, Ciro ou Haddad herdando cada 5% dos votos de Lula podemos ter a catástrofe de um segundo turno com dois marxistas brigando pela carcaça do Brasil.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.