Faz anos que o  PT promete violência contra os opositores, chegou a virar bordão, o partido prometia ‘incendiar’ o país se Dilma saísse do poder e especialmente se Lula ficasse preso. Agora, justamente algumas horas após último recurso para a candidatura de Lula morrer nas mãos de Fachin, um ex-filiado do PSOL, ligado aos movimentos “Fora Temer” e “Lula Livre”, realiza uma tentativa de homicídio contra o líder das pesquisas Jair Bolsonaro, o PT diz repudiar a violência.

Acontece que a própria presidente do partido, Gleisi Hoffmann, prometeu responder a prisão de Lula com violência, na toada dos principais líderes do partido inclusive do presidiário Lula. Passou da hora do PT responder por incitação de violência e ser investigado por conexão com o crime de terror.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.