Ciro Gomes discursou hoje em Goiânia contra o “militarismo”, o “radicalismo” e a “cultura do ódio” e terminou sua fala xingando Jair Bolsonaro, registra O Globo.

Segundo o jornal carioca, após um suposto partidário de Bolsonaro subir em um carro de som que estava ao lado de Ciro, o pedetista chamou o deputado de “nazista filho da puta”.

“Olha o que é a cultura de ódio. Um bobinho, que não tem culpa de nada, acabou de criar uma confusão trazendo uma camisa do adversário aqui dentro”, discursou o ex-governador do Ceará.

“Paciência com ele. Tenham paciência com ele. Ele não é culpado de nada. Ele é só vítima desse nazista filho da puta!”, concluiu.

Clique abaixo para assistir ao vídeo.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.