Começaram a ser divulgados trechos de conversas interceptadas pela Polícia Federal no âmbito da Operação Cravada, que mira o núcleo financeiro do PCC.

Em um dos áudios, como o blog de Fausto Macedo registrou e foi noticiado pelo O Antagonista, um líder da facção criminosa disse que tinha “diálogo cabuloso” com o PT.

Em outro, obtido pelo Jornal da Record, um deles chama Sergio Moro de “filho da puta” e diz que “ele veio para atrasar”.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.