Além de não visitar mais Lula na cadeia, Fernando Haddad pretende esconder outro “ícone” petista até dia 28: Dilma Rousseff. A ex-presidenta não terá nenhum papel na campanha. Dilma deixou uma herança de 14 milhões de desempregados e escândalos de corrupção muito mal explicados, como a compra da usina podre de Passadena. Segundo se diz, Dilma queria ter um papel na campanha do segundo turno. Foi sugerido, sutilmente, que ela fosse cuidar dos netinhos.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.