Cada bandeira do Brasil que Lula encontrar em Curitiba quando vier depor sobre o tríplex do Guarujá para o juiz Sérgio Moro vai conter uma mensagem. São curitibanos que apoiam o juiz e a Lava Jato e repudiam o PT e a corrupção. A cada dia que passa novas bandeiras, representando o rejeição ao PT e suas bandeiras vermelhas, vão surgindo nas fachadas das casas e dos apartamentos. A República de Curitiba, que já escorraçou uma força-tarefa do MST que acampou em uma rua do centro dias atrás, está preparada para receber Lula e seus aliados com um exorcismo cívico: o verde-amarelo para expelir os vermelhos da cidade.

Rafaela Pilagallo, porta-voz do movimento anticorrupção Mais Brasil Eu Acredito, que idealizou a campanha das bandeiras, diz que “a adesão da população é uma prova de que o tempo do PT e seus métodos de fazer política passou. A tentativa de intimidar Curitiba com militância esquerdista não está funcionando. O curitibano e o brasileiro estão dizendo claramente que nossa bandeira é verde e amarela, nunca será vermelha”.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

2 Responses to Exorcismo cívico. Curitiba se arma com bandeiras do Brasil para receber Lula e defender Moro e a Lava Jato no dia 3