Foto Ricardo Stuckert/Divulgação PT

Na reunião serão decididos os próximos passos da campanha, após a decisão do TSE que impugnou a candidatura presidencial de Lula

Em entrevista coletiva realizada em Garanhuns (PE) e transmitida pelo Twitter, o vice na chapa do PT, Fernando Haddad, afirmou que deve se reunir com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e os advogados do partido na segunda-feira (3) pela manhã, em Curitiba, onde Lula está preso.

Na reunião serão decididos os próximos passos da campanha, após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que impugnou a candidatura presidencial de Lula.

“Vamos apresentar o quadro jurídico ao presidente Lula na segunda-feira pela manhã. Vamos discutir o que fazer nesses dez dias de prazo”, disse Haddad. O ex-prefeito de São Paulo lembrou que Lula não pode receber visitas aos fins de semana na prisão.

Na sexta, 31, o TSE negou o registro da candidatura do ex-presidente ao Palácio do Planalto Lula, no entendimento de que o petista está enquadrado na Lei da Ficha Limpa. A decisão da Corte tira Lula – condenado e preso na Lava Jato – da disputa presidencial, mas o PT promete manter a judicialização do caso.

“A Justiça eleitoral neste caso talvez não seja a última palavra vamos estudar ao longo do fim de semana”, afirmou Haddad na coletiva. O registro da candidatura de Lula foi rejeitado por 6 votos a 1. O tribunal deu prazo de dez dias para a coligação apresentar um novo cabeça de chapa.

“Desde que Lula foi preso a intenção de voto dele cresceu. Por que cresceu tanto a disposição do povo votar nele? É isso que nos faz crer que estamos do lado certo da Justiça”, ressaltou.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Facção se reúne. Haddad anunciará próximos passos após reunião com Lula na 2ª, na cadeia

  1. Se eleito Haddad terá de fazer reuniões semanais no presídio para poder colher as ordens de Lula, além disto será preciso criar um “fast tracker” para situações emergenciais.
    Triste fim para uma democracia!