Jair Bolsonaro reafirmou ontem, como o Antagonista registrou, que, se depender dele, invasões de propriedade privada como as perpetradas por movimentos como MST e MTST, serão tipificadas como “terrorismo”.

Há um projeto na Câmara nesse sentido pronto para ser votado. A proposta, do deputado federal Jerônimo Goergen, foi antecipada por O Antagonista em fevereiro deste ano.

Jair Bolsonaro reafirmou na Rede Record que, se depender dele, invasões de propriedade privada como as perpetradas por movimentos como MST e MTST, serão tipificadas como “terrorismo”. E que não pretende dialogar com quem invade, depreda e incendeia propriedades.

Mas que, obviamente, essa vontade dele terá de ser aprovada pelo Parlamento.

 

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.