Se havia, nas esquerdas a expectativa que a candidatura de Jair Bolsonaro iria refluir por causa do ataque covarde ao candidato, uma surpresa. Enquanto o candidato se recupera, ele será muito bem representado.

O presidente do PSL em São Paulo, Major Olímpio, disse ao Estadão que a campanha de Jair Bolsonaro pode continuar “levando o nome” do candidato.

Uma das hipóteses, tidas desde já como certas, é que o candidato a vice, Hamilton Mourão, represente Bolsonaro nas agendas.

O general Mourão é paraquedista, especialista em combate na selva e antiterrorismo. Um osso duro de roer.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.