Nada é mais hilário do que ver a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Helena Hoffmannn, ‘filosofar’ sobre corrupção. Afinal, Gleisi é uma reconhecida especialista no assunto, já que é ré por corrupção em processo da Operação Lava-Jato que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) e foi acusada por sete delatores do Petrolão de ter recebido propina do esquema criminoso que durante uma década funcionou deliberadamente na Petrobras.

Gleisi Helena afirma em sua página no Facebook ser estapafúrdia a afirmação de Joesley Batista de que o PT teria “institucionalizado a corrupção no Brasil”. A senadora foi além em seu comentário esdrúxulo e ressaltou que não há “comprovação empírica” do fato. Como se roubalheira sistêmica necessitasse desses penduricalhos comprobatórios.

Curiosamente, Gleisi afirma que tudo o que Joesley diz contra o presidente Michel Temer é a mais pura verdade. Apenas o que o empresário fala sobre o PT é mentira.

“A estrondosa entrevista do empresário Joesley contém algumas verdades. Entre elas, destaca-se a afirmação de que Temer lidera a mais perigosa quadrilha do país. De fato, essa afirmação está, nesse caso, embasada em gravações e filmagens que revelam, com provas cabais, um esquema de corrupção que atinge em cheio o núcleo do governo golpista.”

Sem medo de ser feliz nem de parecer ridícula, Gleisi esquece o próprio prontuário para dizer que o PT combateu a corrupção como ninguém: “É preciso observar que uma análise fria do período histórico recente do Brasil demonstra que os governos do PT foram os que mais contribuíram para o combate à corrupção, ao atacar as suas causas e os fatores que a acarretam. De fato, os governos do PT fortaleceram extraordinariamente as instituições de controle da administração estatal e promoveram intensamente a transparência da gestão pública”.

A senadora é conhecida por seus escorregadios discursos sempre que arrisca algum voo intelectual mais ousado. Quando propôs, e conseguiu, que o preço da energia elétrica que o Brasil paga ao Paraguai fosse triplicado, por exemplo, respondeu a um questionamento sobre o impacto de tal generosidade nas tarifas.

“Não vai impactar porque o dinheiro sairá do Tesouro”, garantiu à época a presidente dos petistas do alto de sua devastadora inteligência (sic). A colocação sugere que a senadora paranaense crê que o Tesouro gera recursos de alguma origem misteriosa, diferente daquele que compõe a arrecadação usual do Estado. (Ucho.Info)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.