Gleisi Hoffmann, ‘presidenta’ do PT, na saída do encontro com Rosa Weber, presidente do TSE, disse que “é muito grave” o suposto uso indevido do WhatsApp pela campanha de Jair Bolsonaro. “É muito grave. Nós precisávamos de uma atuação urgente em cima disso, porque isso, verdadeiramente, é fraude do processo eleitoral.”

A Gleisi Hoffmann que hoje cobrou urgência do TSE é a mesma Gleisi Hoffmann que reclamou dos “prazos acelerados” na época em que o TRF-4 julgou e condenou Lula. O PT continua sendo o que sempre foi. Um partido de cínicos que acredita que a lei e as instituições só servem para atender os interesses do partido e de seu líder presidiário.

Nunca está bom.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.