A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, disse que foi “ampla e institucional” a declaração do candidato do partido à Presidência, Fernando Haddad, de que o juiz Sérgio Moro, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, “ajudou o País”.

“O que estamos dizendo sempre é que o juiz Sérgio Moro, isso nós nunca tiramos da narrativa, errou no processo e não apresentou até agora provas contra o presidente Lula”, afirmou a senadora, após visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão em Curitiba. Gleisi disse ainda que é, “justamente por ter errado”, que Moro é alvo de representação no Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Ele deve explicações com quem ele anda e de como ele fez esse processo”, afirmou.

Tramita no Conselho uma representação do PT contra Sérgio Moro por causa da divulgação da delação do ministro Antonio Palocci. Na resposta ao CNJ, Moro criticou o PT. Gleisi rebateu. “Quem ofende o direito brasileiro e não respeita o devido processo legal (é o juiz). É um processo (contra Lula) extremamente politizado. O juiz Sérgio Moro, se não quer entrar para a seara da política e receber críticas, não deveria ter politizado o processo eleitoral”, disse a senadora.

Para o deputado Carlos Zarattini (PT-SP), a fala de Haddad sobre Moro demonstra que o partido “reconhece a Justiça de uma forma geral”. “Não somos contra o combate à corrupção. Tudo o que Moro está fazendo é com base em medidas que nós aprovamos”, afirmou.

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS), por outro lado, disse que a declaração sobre o juiz foi “um pouco descontextualizada” e que a sigla mantém a avaliação crítica sobre a atuação de Moro. “Temos a mesma opinião, sempre tivemos.”

Haddad tem feito uma série de concessões neste segundo turno, e uma delas foi elogiar Moro. “Em geral, ele (Moro) ajudou. Em relação à sentença do Lula, acho que foi um erro que vai ser corrigido pelos tribunais superiores. Em geral, Sérgio Moro fez um bom trabalho”, declarou o candidato do PT. (Estadão)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.