“O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta segunda-feira (1º) o cumprimento da decisão tomada por ele na sexta-feira (28) que autorizou a Folha de São Paulo a entrevistar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso em Curitiba desde abril, após condenação na Lava Jato.

 

“Verifico que a decisão proferida pelo ministro Luiz Fux […] não possui forma ou figura jurídica admissível no direito vigente, cumprindo-se salientar que o seu conteúdo é absolutamente inapto a produzir qualquer efeito no ordenamento legal”, afirmou Lewandowski em seu novo despacho.” (Gazeta do Povo)

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Leave a Reply