“Sobre o Lula, quando alguém é acusado de corrupção, é preciso indicar qual a decisão que ela tomou que entrou em conflito com o interesse nacional e qual vantagem ela recebeu em troca dessa decisão. Em nenhuma decisão sobre o Lula ficou sequer insinuado qual a decisão que ele tomou contra os interesses nacionais”. (Fernando Haddad, sem emprego conhecido desde outubro, mostrando que não sabe quando se deve usar “ele” ou “ela” ao garantir que as bandalheiras de Lula beneficiaram os interesses nacionais). (Augusto Nunes)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.