Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda (24) aponta que Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança da corrida presidencial. O capitão estaria estacionado, com 28% das intenções de voto, seguido por Fernando Haddad (PT), que vai a 22%. Em seguida estão Ciro Gomes (PDT), com 11%, Geraldo Alckmin (PSDB), com 8%, e Marina Silva (Rede), com 5%.

Ainda segundo o Ibope, Bolsonaro perderia, em segundo turno, para Ciro (46% a 35%), Haddad (43% a 37%) e Alckmin (41% a 36%). E empataria com Marina (39% a 39%). A pesquisa deve servir como estímulo aos eleitores de  Bolsonaro para que convençam eleitores de João Amoêdo (3%), Alvaro Dias e Henrique Meirelles, com 2%, a votar em Bolsonaro já no primeiro turno para decidir já, em 7 de outubro, essa eleição. A alternativa é a quadrilha do Petrolão de volta ao poder.

Ninguém pode alegar que não foi avisado. Não vale reclamar quando recomeçarem a roubar a Petrobras, invadir terras, a trazer médicos para financiar a ditadura cubana, a mandar dinheiro para a ditadura da Venezuela e continuarem a financiar tiranias africanas. Nada disso é novidade. A  novidade é a existência da candidatura de Bolsonaro que pode virar esse jogo. Quem perder essa oportunidade não poderá se queixar.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.