A um interlocutor que foi visitá-lo na cadeia, onde está preso há meio ano por corrupção e lavagem de dinheiro, Lula admitiu abertamente a derrota na eleição. Na visão dele, e da cúpula do PT, só um grande escândalo poderia mudar o resultado final.

Está deprimido, tem dificuldade de assimilar que o PT gerou um maremoto de antipetismo que vai soterrar seu partido e seu legado. Não esconde seu inconformismo e revolta com a frase, proferida por Cid Gomes em uma manifestação pró-Haddad, que pode se tornar a marca registrada desta campanha: “O Lula está preso, babaca!”

Das medidas tomadas por Fernando Haddad para tentar virar o jogo, uma incomodou Lula: retirar o vermelho, cor do PT, das peças publicitárias.

“Não somos nós. Não funciona”.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.