A cúpula do PT ficou irada ao ler na imprensa que Adélio Bispo, o sujeito que esfaqueou Jair Bolsonaro, recebeu autorização da Justiça para conceder entrevistas, enquanto o pedido de Lula foi negado. Oficialmente os petistas dizem que deveria haver isonomia entre os dois presos. Ou seja: que Lula, assim como Adélio, também poderia dar entrevistas. Nos bastidores se comenta que a inquietação é pelo medo do que Adélio pode vir a dizer.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.