“Algumas prefeituras receberam a informação de que Cuba orientou seus profissionais a suspenderem os atendimentos de brasileiros já nesta quarta-feira”, diz a Folha de S. Paulo.

Nada justifica essa atitude desumana. Deixar a população brasileira mais indefesa sem atendimento médico para culpar Bolsonaro pelo crime é um crime contra a humanidade. Sem dar tempo a um governo, que ainda não assumiu, providenciar substitutos para os médicos que a ditadura quer retirar do Brasil em conluio com o PT.

Se o PT estava à procura de um cadáver para acusar Jair Bolsonaro, talvez agora consiga encontrar alguns.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.