O presidenciável petista Fernando Haddad avisou hoje, durante uma entrevista de campanha em São Paulo, que se for eleito vai trazer muito mais médicos cubanos para o Brasil no controvertido programa Mais Médicos. Um projeto muito mais destinado a financiar a ditadura cubana dos irmãos Castro do que a  atender as deficiências de saúde do povo brasileiro. O programa tira vagas de médicos brasileiros e permite que apenas uma pequena fração do que o governo paga aos médicos cubanos fique efetivamente com esses profissionais. A maioria do dinheiro é para financiar mesmo a decrépita ditadura de quase 60 anos que o PT venera.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.