A ambição sem limite de Marina Silva fica evidente mais uma vez com seu silêncio e sumiço com as matanças em presídios do Norte do país, região natal da própria Marina, que é do Acre. Como não existem soluções fáceis para o problema carcerário brasileiro, a eterna candidata da Rede prefere se fazer de morta, na expectativa que a perplexidade dos brasileiros com os motins em prisões leve água para o moinho da sua candidatura.

Quando a poeira baixar, Marina vai reaparecer pregando eleições já. Só a experiência da ex-seringueira será capaz de resolver todos os problemas do Brasil, garante.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.