Felix Fischer, do STJ, negou pedido de liminar do presidente do PDT, Carlos Lupi, para que ele, Ciro Gomes e o líder da sigla na Câmara, André Figueiredo, visitassem Lula na prisão, informa O Globo.

Na decisão, Fischer diz que o pedido não apresenta “razões justificantes da pretensão de caráter urgente”.

A solicitação de Ciro e companhia já havia sido negada pela juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do petista, e por João Pedro Gebran Neto, do TRF-4. (O Antagonista)

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.