Adélio Bispo de Oliveira, o agressor de Jair Bolsonaro, alugou o quarto de pensão em Juiz de Fora duas semanas antes do atentado, registra o Estadão.

Na ocasião, a informação de que Bolsonaro visitaria a cidade em setembro já circulava nas redes sociais de apoiadores do presidenciável.A cunhada de Adélio Bispo de Oliveira disse à Folha que o agressor de Jair Bolsonaro falava muito sozinho e que era comum ele se trancar por dias num dos barracões da família. Ela disse também que Adélio gostava muito de Lula e que queria ser deputado. (O Antagonista)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.