O governador de São Paulo, Márcio França (PSB) promoveu hoje uma verdadeira orgia com dinheiro público. Ele reuniu, por volta das 9h30 de hoje, um grupo de 314 prefeitos do interior paulista no Hotel Pestana, da rua Tutóia, na capital paulista, para promover a farra de distribuição de R$ 286 milhões de recursos do governo do Estado, para serem aplicados em obras de recapeamento asfáltico das cidades. Pela legislação eleitoral, a distribuição de dinheiro público às vésperas da eleição configura-se crime eleitoral. França deseja, com isso, fazer com que os prefeitos trabalhem em prol de sua candidatura no próximo domingo, quando ele enfrenta o ex-prefeito João Doria. Como se sabe, Doria lidera todas as pesquisas de intenção de voto, com até 8 pontos de vantagem, e França deseja a todo custo virar o jogo que lhe é desfavorável. Na reunião de hoje, outra infração foi cometida. Além de Márcio França, secretários de Estado e também os prefeitos, compareceram ao evento de campanha à bordo de veículos oficiais. O uso de carros oficiais em atos de campanha também é crime eleitoral. Ou seja, num único ato de campanha, Márcio França cometeu vários crimes eleitorais. (IstoÉ)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.