Salvini, comemorou nesta segunda-feira (8) o resultado das eleições no Brasil, que tiveram o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, na primeira posição, com 46% dos votos.

“Também no Brasil se muda! Esquerda derrotada e novos ares”, escreveu Salvini no Twitter, já antecipando o resultado do segundo turno, quando Bolsonaro desafiará Fernando Haddad (PT). Mais tarde, em entrevista a uma rádio local, o ministro acrescentou que “os ventos estão mudando em todos os lugares”.

jornalistas italianos que chamam de ‘racista-nazista-xenófobo qualquer um que defenda mais ordem e segurança para os cidadãos”, disse. Salvini já havia manifestado apoio a Bolsonaro após o candidato ter sido esfaqueado.

O ministro é hoje a figura mais popular do governo italiano e seu rosto mais conhecido no exterior. Além disso, é secretário da Liga, ex-partido separatista que se tornou a principal força de extrema direita na União Europeia.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.