O músico prestou homenagem à vereadora do Rio assassinada no dia 14 de março. Ele chamou ao palco a viúva de Marielle, Mônica Francisco, a irmã e a filha da vereadora Anielle Franco e Luyara Santos

 Em apresentação no Maracanã nesta quarta (24), Roger Waters prestou homenagem a Marielle Franco, vereadora do Rio assassinada no dia 14 de março. Ele chamou ao palco a viúva de Marielle, Mônica Francisco, a irmã e a filha da vereadora Anielle Franco e Luyara Santos. A manifestação foi alvo de vaias de boa parte da plateia.

 “A gente precisa de vocês com a gente, pedindo justiça”, disse Anielle, para logo depois Mônica puxar um coro de “justiça”, acompanhada por parte da plateia. Foram ouvidas algumas vaias e a reportagem viu um princípio de briga na pista Premium. “Eu paguei para ver ele cantar!”, gritava um dos contrários à homenagem.

O velho dinossauro do rock já havia sofrido um contratempo dias atrás, quando resolveu criticar Jair Bolsonaro em um show e levou uma vaia monstro de mais de 5 minutos.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.