O responsável pelo processo de inventário da ex-primeira-dama Marisa Letícia, juiz Carlos Henrique Lisbôa, pediu explicações ao inventariante e viúvo, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre uma aplicação em CBD emitida pelo banco Bradesco. Conforme informação divulgada pelo site O Antagonista, o juiz quer esclarecer se o investimento é o mesmo que teve contratos juntados aos autos e que apontam valor de R$ 100 para cada unidade. A aplicação, com vencimento em 18 de maio de 2020, foi feita em mais de 2,5 milhões de unidades de CBD, o que totalizaria um investimento de mais de R$ 256 milhões. (Gazeta do Povo)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.