Diretor do Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo Pereira encontrou uma explicação possível para o crescimento de Jair Bolsonaro no último Ibope.

Ele acredita que a campanha do #EleNão favoreceu o capitão entre as mulheres de alguma forma.

“O tiro saiu pela culatra. Houve uma reação conservadora ao que as pessoas viram na TV e em suas timelines”. (Radar)

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Leave a Reply