Antonio Palocci contou para a Lava Jato que usava a Projeto, sua empresa de consultoria, para receber pagamentos de propina das empresas.

Ele contou também que, nos principais contratos, Lula era seu sócio.

O relato é explosivo, porque a partir dele a Lava Jato poderá provar o papel do comandante máximo da ORCRIM e rastrear a partilha de propina. (O Antagonista)

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

One Response to Palocci detona o Chefão. “Lula era meu sócio e usava minha empresa para receber pagamento de propina”

  1. Palocci não é confiável, grande estrategista do mal, acordo com ele só com apresentação cabal de provas, e, mesmo assim, verificadas antes da divulgação.