Para quem tem a memória curta: Fernando Haddad vive falando sobre seu trabalho no MEC e na prefeitura de São Paulo e jamais explicou porque, na condição de candidato à reeleição em São Paulo, teve só 16% dos votos, menos que brancos e nulos e foi derrotado em todas as urnas. Os paulistanos conhecem bem os motivos: Haddad foi o pior prefeitos que a cidade já teve.

A passagem pelo Ministério da Educação não foi menos polêmica. Haddad impôs as escolas públicas do Ensino Básico um ‘pacote anti-homofobia’ que foi considerado uma tentativa de conversão de crianças a práticas homoafetivas. Ficou famoso um filme do MEC em que se destacava as vantagens do bissexualismo: ele dobraria as chances de encontrar um parceiro.

Confira o material ‘didático’ do MEC produzido por Haddad:

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.