O Antagonista soube que o presidente do PROS, Eurípedes Júnior, procurado pela Polícia Federal desde o início da manhã, está tentando um habeas corpus para não ser preso.

A Polícia Federal, em conjunto com a Receita Federal, deflagrou hoje a Operação Partialis, que investiga desvio de recursos públicos federais destinados à aquisição de gases medicinais em Brasília, Marabá e Altamira, informa o site Metrópoles.

Há um mandado de prisão temporária para ser cumprido contra o presidente do PROS, Eurípides Júnior. A PF, no entanto, ainda não confirmou se o dirigente político já foi preso.

Curioso disso tudo é que a Polícia Federal procura, para prender, o aliado do PT no mesmo dia em que os petistas tentam, inutilmente, transformar a candidatura de Jair Bolsonaro em um caso de polícia.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.