Assim como aconteceu dia 30 de setembro, grupos contrários ao PT e a Fernando Haddad e outros de apoio a Jair Bolsonaro (PSL) vão sair às ruas neste domingo (21). O movimento Vem Pra Rua é um dos responsáveis pelas convocações que estão sendo feitas em todo o país. As manifestações foram batizadas como “PT Não”.

Uma página foi criada dentro do site do Vem Pra Rua para centralizar informações de horário e local em que vão ocorrer todos os atos programados para várias cidades do país. Com um contador de pessoas convidadas que já supera 1,8 milhões de pessoas, o site lista 269 municípios do Brasil e outras cidades do mundo que têm manifestações confirmadas. Também foi criado um evento nacional no Facebook com 92 mil pessoas interessadas em participar.

Segundo os coordenadores do Vem Pra Rua, serão manifestações suprapartidárias organizadas não só pelo grupo, mas também pelo Movimento Brasil Livre (MBL), pelo movimento Nas Ruas e pelo Avança Brasil.

Leia também: Manifestantes contra Bolsonaro voltam às ruas neste sábado em 122 municípios

São Paulo

O protesto anti-petista em São Paulo está marcado para a Avenida Paulista, às 14h. Oevento do Facebook organizado pelo Vem Pra Rua conta com 23 mil interessados e 4,6 mil confirmados. Outro publicado pelo MBLtem 12 mil confirmados e outros 12 mil interessados.

Rio de Janeiro

Na capital fluminense a manifestação será às 10h em Copacabana, no Posto 5, e tem pouco mais de 8 mil pessoas confirmadas e outras 39 mil interessadas, segundo página do Movimento Direita Conservadora-Brasil. Pelo evento organizado pelo Vem Pra Rua Rio, são 23 mil interessados e outros 5,2 mil confirmados.

Curitiba

Em Curitiba, o evento “Ele sim! PT não! O povo com Bolsonaro” tem 5,3 mil confirmados no Facebook. Outros 19 mil se declararam interessados em participar. O ato será realizado no domingo (21), na Boca Maldita, às 14h. Há diversos outros eventos no Facebook organizados em paralelo com o mesmo objetivo.

Outras capitais

Em Brasília, o ato será em frente doCongresso Federal, às 10h. Em Florianópolis, a concentração será no Trapiche Beira Mar, às 16h. Organizado pelo Movimento Vem Pra Rua Floripa, conta com 6 mil interessados e 1,3 mil confirmados. Santa Catarina foi o estado mais bolsonarista do primeiro turno. Se fossem considerados apenas os votos catarinenses, o candidato do PSL teria sido eleito com mais de 65% dos votos válidos.

Em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, o segundo maior colégio eleitoral do Brasil, a concentração acontece às 10h na Praça da Savassi. Por coincidência, o evento acontece no mesmo dia em que Roger Waters se apresenta no estádio Mineirão, às 20h. O músico está fazendo apelos contra Bolsonaro em shows pelo Brasil.

“O PT significa corrupção generalizada”

Segundo os organizadores dos eventos, os atos são suprapartidários. “O Vem Pra Rua é suprapartidário. Ele não apoia nenhum partido e nenhum político. Nossa mensagem é: façam o que quiserem, só não tragam o PT de volta. A gente não indica nenhum voto. Nunca fizemos isso e não faríamos isso.”

Para o Vem Pra Rua, os atos estão sendo convocados porque “o PT, para nós significa a corrupção generalizada. Não é um partido, é uma organização criminosa. Todos os planos deles [no programa de governo] são realmente socialistas, extremamente esquerdistas. A gente não pode admitir isso no Brasil, isso tem que ficar no passado”. (Gazeta do Povo)

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.