Os petistas agora dizem depositar sua esperança numa “onda silenciosa” de votos em Fernando Haddad. Ou seja, o “voto envergonhado”, aquele eleitor disposto a votar no candidato do presidiário, apesar de todos os bilhões roubados pelo PT dos cofres públicos.

Eles acreditam que o “voto envergonhado” no poste de Lula pode não estar sendo captado pelas pesquisas. A esperança é a última que morre, mas também morre.

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.