A senadora Gleisi Hoffmann (quem mais?), presidenta do PT, mal se contabilizou a derrota de Fernando Haddad para Jair Bolsonaro, por uma margem esmagadora de 11 milhões de votos, já começou a ensaiar retomar aquela bobagem de que Lula é um ‘preso político’ que precisa de um ‘julgamento justo’.

Ora, Lula já foi condenado em duas instâncias, e agora, sua sentença transitou em julgado pelo voto do povo brasileiro que, em sua maioria decidiu que Lula deve continuar preso de o PT fora do poder. Faliu por absoluta falta de consistência, inclusive eleitoral, a tese besta que Dilma Rousseff (derrotada na disputa pelo Senado em Minas), foi vítima de um ‘golpe’. Faliu por absoluta vigarice a história de que Lula é um preso político. Cabe ao PT mudar seu enredo, se quiser sobreviver.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.