Além de publicar uma mensagem de apoio à candidatura de Lula, o esfaqueador de Jair Bolsonaro dirigiu-se também a Gleisi Hoffmann, revela O Antagonista.

Num de seus comentários, ele disse:

“Caso Lula não venha realmente concorrer, espero ver você na disputa, segunda alternativa o Mercadante.”

Em seguida, de acordo com a Veja, ele avisou que o candidato escolhido pelo PT seria perseguido por Sergio Moro e por “toda a maçonaria”. Segundo Veja:

“O garçom também enviou três mensagens à presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann. Numa delas, de março deste ano, deu palpites sobre a escolha do candidato petista a presidente: “Caso Lula não venha realmente concorrer, espero vê (sic) vc na disputa, segunda alternativa o Mercante (refere-se a Aloizio Mercadante)”. E “alertou” para o fato de que, assim que as candidaturas fossem anunciadas, haveria uma caçada aos candidatos ordenada pelo juiz Sergio Moro e por “toda a maçonaria”. Oliveira ainda se opôs à possibilidade de uma aliança do PT com o candidato Ciro Gomes, do PDT, hipótese discutida na pré-campanha. Disse que Jaques Wagner estava “equivocado” quando pedia que o PT cedesse, pois, no seu raciocínio, o partido cedeu ao chegar ao poder “e deu no que deu”.”

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.