Fernando Haddad que, segundo a revista IstoÉ, responde a 32 processos, que vão do recebimento de dinheiro da Lava Jato a denúncias por improbidade administrativa e superfaturamento de obras, aproveitou a reportagem, sem qualquer elemento de prova, da Folha de S. Paulo para acusar Jair Bolsonaro de caixa dois:

“Na Folha de hoje, o escândalo do caixa 2 digital de Bolsonaro. Meu adversário joga na sombra o tempo todo enquanto foge dos debates na luz do dia. Joga sujo junto com a turma do dinheiro para enganar o eleitor.”

Quem sempre jogou sujo, quem destruiu e ainda tenta destruir reputações, é o PT. Sobre caixa 2, basta dizer que o partido, sob o comando do poderoso Chefão, Lula, desenvolveu o que foi descrito pela Lava Jato como o maior esquema de corrupção da história. O caixa 2 da campanha de Dilma Rousseff, segundo a delação de Antonio Palocci, foi de 1,4 bilhão.

A reportagem da Folha de S. Paulo sobre as mensagens antipetistas no WhatsApp é a última cartada do PT.

Com vinte pontos percentuais a menos que Jair Bolsonaro, Fernando Haddad apela para uma matéria que, por enquanto, ainda não mostrou nada. A Folha, que não esconde seu descarado apoio ao PT, deve estar preparando novos ataques a Bolsonaro para tentar dar fundamento a essa grotesca tentativa de levar a disputa eleitoral para o tapetão. Todo cuidado é pouco. Eles estão desesperados.

 

Compartilhe:
  •  
  •  
  •  
  •  

Sorry, comments are closed for this post.